Home / Sem categoria / Boxe hipertrofia – É possível?

Boxe hipertrofia – É possível?

O sucesso no boxe requer uma combinação de força muscular, velocidade, rapidez, resistência e coordenação. Mas será que o boxe é capaz de proporcionar hipertrofia. É possível?

Dar um soco envolve uma série complexa de movimentos que começa nos seus pés e termina com os nós dos dedos atingindo um alvo. O boxe usa todos os músculos do seu corpo, mas alguns são mais ativos do que outros.

Os músculos mais ativos são os que se tornarão mais fortes como resultado de exercícios regulares de boxe. Por isso, sim, a hipertrofia no boxe é possível, mas depende de uma série de fatores e nem todos os músculos serão trabalhados de maneira semelhante.

Boxe e hipertrofia – Como funciona?

É necessário ressaltar que a alimentação, frequência e intensidade dos treinos fazem toda a diferença na hora de atingir sua meta ou objetivo. O boxe pode gerar hipertrofia estimulando alguns grupos musculares específicos, podemos destacar:

Peitoral Maior

Localizado no peito e abrangendo desde o esterno, clavículas e costelas inferiores até o úmero ou parte superior do braço, os peitorais são músculos poderosos responsáveis ​​por grande parte da força de seus socos.

Ele é mais ativo em socos onde o cotovelo é elevado, como durante o gancho, mas também estão fortemente envolvidos em todos os outros socos e podem ter a hipertrofia como resultado da prática do boxe.

Deltoides

Você tem três músculos principais do ombro: o deltoide posterior, o deltoide medial e o deltoide anterior. No boxe, o músculo do ombro mais ativo é o deltoide anterior, localizado na parte da frente do ombro.

O deltoide anterior trabalha com os peitorais de forma sinérgica para maximizar a força dos seus socos. O deltoide medial está ativo toda vez que um braço é levantado para uma cruz direita ou um gancho.

Os deltoides posteriores estão ativos sempre que você puxa o braço para trás. Manter as mãos para cima em uma posição protegida requer e desenvolve deltoides fortes. O boxe é definitivamente um bom esporte para estimular hipertrofia destes músculos.

Braços

Geralmente chamado de tríceps, esse músculo é essencial para continuar o impulso gerado pelos seus deltoides anteriores e peitorais e direcionar seu punho para o alvo desejado.

Os bíceps estão ativos durante todo o tempo em que você está praticando boxe e enquanto segura suas mãos em sua guarda. Todos os tipos de socos ajudam a fortalecer esses músculos.

Núcleo e Músculos Traseiros

Atirar com sucesso socos e proteger-se dos socos do seu adversário requer um núcleo forte. “Core” é o termo coletivo usado para descrever seus músculos abdominais, cintura e lombar.

Um soco bem jogado envolve um grau significativo de rotação e flexão da coluna vertebral; é essa ação que fornece um desafio significativo para o seu núcleo. Nas suas costas, seus romboides e deltoides traseiros são ativados toda vez que um soco é recolhido.

Pernas

Os boxeadores estão se movendo constantemente. O trabalho de pernas é uma das principais ferramentas no boxe e os quadríceps e isquiotibiais nunca estão em repouso.

Quadris e glúteos entram em jogo sempre que um pugilista rotaciona um soco. Qualquer golpe também começa nos pés e o torque é transferido das pernas, através do núcleo e do braço.

Atenção

Aumentar sua massa muscular também poderá aumentar a quantidade total de seu peso corporal e, portanto, afetar sua classe de peso na luta. Leve isso em consideração ao treinar e limitar seu treinamento de fortalecimento muscular conforme necessário.

Se seu objetivo no boxe é a hipertrofia, procure sempre ter o acompanhamento adequado da alimentação e se possível, procure um nutricionista. Crescer os músculos e aumentar a força é algo que requer foco, dedicação e compromisso.

Sobre rafael

Veja Também

Opções de investimento

Há diversas opções de investimento no mercado e conhecê-las é fundamental para quem deseja aplicar …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *